Fornecedores de Suplementos em Atacado

Você quer ter uma renda extra e está buscando por fornecedores de suplementos no atacado, para revender? Ou já é do ramo de suplementação esportiva e está sempre em busca de preços baixos e condições comerciais mais atrativas?

Saiba mais sobre como, em geral, funciona a venda, revenda e onde você pode encontrar fornecedores e distribuidora de suplementos.

Fornecedores de Suplementos

Se você está apenas iniciando no ramo, acha interessante, mas ainda não conhece muito sobre suplementos, é interessante que você procure aprender sobre. Dependendo de como você gerencie o seu negócio, você irá precisar entender sobre cada tipo de produto, pra que serve, sugestões de uso, inclusão na dieta, e etc.

“Depende de como eu gerencio o meu negócio? Então eu posso vender sem entender nada sobre o assunto?!”

Permita-nos explicar.

Se você pretende revender suplementos como autônomo, provavelmente você terá que atender clientes, desde aqueles que já são acostumados a utilizar os produtos, até aqueles que sabem muito pouco sobre, e irão precisar da sua ajuda.

O mesmo vale pra você, que é dono ou trabalha em academia, lanchonete e afins, relacionados a prática de esportes. Você até pode conseguir realizar algumas vendas (principalmente para clientes que já entendem do assunto), mas pode perder outras, por não saber o que indicar.

Ainda assim, você pode revender suplementos e produtos naturais!

Uma alternativa, é vender online, pois grande parte dos consumidores pesquisa ou já tem um certo conhecimento, e precisará menos de um atendimento especializado. O que não significa que você não deva oferecer um bom serviço de atendimento.

Considere contratar alguém que entenda do assunto para realizar as vendas ou firmar uma parceria/contrato com algum nutricionista, médico ou consultor esportivo.

Se você estiver considerando abrir uma loja física, será essencial que você tenha alguém que entenda do assunto.

 

Vai vender sozinho e deseja aprender mais sobre o assunto? Insira o seu e-mail e assista o treinamento online!

Se você tem uma loja de suplementos, se é um nutricionista, médico, dono de farmácia, ou se entende bem do assunto, você já está pronto(a) para começar a revender e já pode procurar por novos fornecedores de suplementos!

 

Tudo a ver com o seu negócio

Suplementos não se restringem a lojas e farmácias.

Uma curiosidade sobre esse ramo, é que você consegue encontrar suplementos nos mais diversos ambientes, desde shoppings até lanchonetes.

Eis aqui uma lista, contudo, não restritiva, de alguns negócios, que podem se beneficiar com revenda de suplementos.

1 – Academias

As academias são um dos setores mais promissores e que podem ter maior rentabilidade com a venda. A maioria das pessoas que usam suplementos no Brasil frequentam academias.

De acordo com uma pesquisa encomendada pela Abiad (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres), 54% dos entrevistados com mais de 17 anos afirma utilizar algum suplemento com objetivos estéticos ou de saúde. Desses, mais de 50% afirma ter uma alimentação saudável e/ou praticar algum tipo de atividade física.

Nesse sentido, não há lugar melhor para expor os produtos do que onde mais há relacionamento com o seu uso. Além dos suplementos, donos de academias podem vender também acessórios esportivos importantes como luvas, roupas de treino e coqueteleiras.

Os proprietários desses estabelecimentos ainda contam com compras por impulso.

De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), divulgado pela Exame, mais da metade dos brasileiros admitiram, em junho de 2015, ter realizado uma compra por impulso, nos últimos três meses. Preços atrativos levam 31% dos entrevistados a realizarem compras por impulso.

Ainda: o mercado fitness no Brasil tem muita chance de expansão. A preocupação com saúde e nutrição tem crescido bastante!

A maioria das academias ainda não vendem suplementos! Algumas indicam lojas, mas ainda, não atentaram, talvez, para o ganho extra e alto giro de estoque que poderiam ter, investindo. E isso, pode ser um diferencial de negócio!

Duas dicas: deixe um espaço separado na recepção, bonito, limpo, bem arrumado, para mostrar os produtos. Se você tiver poucos produtos, em cima de uma prateleira onde ninguém presta atenção, você terá vendas reduzidas. Tenha bons preços! A compra por impulso é uma realidade, mas se você tiver bons preços ( e você tem condições para isso, devido aos custos compartilhados) é capaz de você ter clientes não alunos da academia, indo até você para comprar.

Escolha seus fornecedores de suplementos com cuidado! Compre apenas produtos liberados pela Anvisa e, se você for iniciante, peça conselhos ao representante sobre produtos de qualidade e que vendem mais fácil. Mais abaixo, compartilharemos algumas dicas de onde você consegue bons fornecedores.

 

2 -Farmácias

Grande partes das farmácias brasileiras já trabalham com suplementos alimentares, mas ainda cometem alguns erros básicos.

Um erro comum é a exposição dos produtos.

Se você tem uma farmácia, pense bem: aqueles produtos escondidos lá embaixo, no balcão, não irão chamar atenção de ninguém. Dependendo de como seja a estrutura do seu negócio, é capaz de nem ser visível a quem passa na porta. Ou mesmo até, pra quem já entrou em sua farmácia!

Os produtos devem ser expostos em uma sequencia lógica, por finalidade.

Se você expôs uma Whey Protein na parte de cima da estante e o seu cliente se interessou, ele pode ser interessar  também por aquele BCAA ou creatina que está logo ao lado, mas possivelmente, não vai dar muita atenção pra um emagrecedor.

Separe um lugar legal na loja, não precisa competir com os outros produtos. Mas dê atenção! Esse é um fator muito decisivo! Isso diferencia farmácias que colocam poucos produtos, de qualquer marca, na recepção; e farmácias que colocam uma parede inteira destinada à venda de suplementos.

Isso nos leva a outro erro comum das farmácias: suplemento não é tudo igual. E preço é importante, mas não é o mais importante.

O cliente até pode ser atraído pelo preço, mas se ele entende sobre o assunto e analisa o produto, se este não for de qualidade, você perde a venda, e o cliente. Afinal, se um produto tem metade do preço, ele também pode ter metade da qualidade. E  muitos dos seus clientes saberão reconhecer isso.

A marca também é importante! Nem sempre dita a qualidade dos produtos, mas com certeza, chama atenção. É muito mais fácil o cliente demonstrar interesse por aquela marca que ele já ouviu falar, que está na TV, que os atletas usam… do que aquela que ele nunca ouviu falar. A embalagem dos produtos, da mesma forma. Escolha suplementos que atraem.

 

Quer aprender mais sobre tipos de suplementos, como fazer exposição em farmácias e receber valores de atacado em suplementos? Existe um treinamento específico para farmácias. Insira o seu e-mail e receba o conteúdo agora!

 

3 – Nutricionistas

Os nutricionistas são profissionais que  entendem sobre dieta e esportes e estão aptos a prescrever suplementos.

Geralmente, fazem parcerias com marcas ou lojas de suplementos. Isso, quando conseguem. O lado bom é que não precisam investir. E, ao mesmo tempo, é ruim por alguns motivos: nem sempre o paciente seguirá a dieta, comprará da marca da loja que você sugeriu, além de os ganhos serem muito menores.

Se você é entusiasta do assunto, é nutricionista esportivo e possui uma prateleira/armário em seu escritório de atendimento, considere expor alguns produtos.

Existe a possibilidade de você conseguir produtos com valores mínimos e ter um bom lucro, apenas para dar mais comodidade aos seus pacientes e ainda conseguir um rendimento extra!

Se você acha que ainda não tem condições de investir, o mínimo que seja, pense em fazer parcerias com representantes de marcas ou distribuidora de suplementos, e negocie uma comissão por indicação.

 

4 – Personal Trainers

Se você é um personal trainer ou estuda para ser um, já foi questionado por algum aluno ou entusiasta, qual produto deveriam utilizar para ganhar massa muscular? Ou perder gordura de forma mais eficiente?

Possivelmente, já.

Os personal trainers e fisiculturistas (profissionais ou não) são aquelas pessoas que todo mundo julga conhecer o assunto, e portanto, nos que mais confiam.

Encontram-se com possíveis clientes, diariamente, e podem ajuda-los em seus objetivos, de forma mais rápida, oferecendo produtos de qualidade, num valor mais barato ou com descontos atrativos. É um negócio ganha ganha entre o cliente e o preparador físico.

Abaixo, iremos dar algumas dicas de como encontrar fornecedores de suplementos, e como escolher.

 

5 – Autônomos

Se você procura fornecedores de suplementos para pessoa física, ou seja, se você trabalha ou deseja trabalhar com suplementos, por afinidade, ou oportunidade, dê importância a marcas boas e preços baixos!

Você provavelmente irá vender a amigos, colegas de academia, pessoas próximas, por indicação ou pelas redes sociais. As pessoas irão procurar você por, principalmente, por dois fatores: preço e conveniência.

Geralmente, autônomos tem quase ou nenhum custo. Eles conseguem comprar, revender e lucrar, muitas vezes, sem nem se preocupar com finanças.

As pessoas os procuram por conveniência, por que, geralmente, os autônomos fazem a entrega dos suplementos a domicílio, ou marcam em locas de interesse: trabalho, faculdade, shoppings.

Importante: Faça uma busca ou pergunte ao representante sobre os suplementos antes de adquiri-los. Só trabalhe com suplementos que são permitidos pela Anvisa. O risco ao seu negócio, a você e a saúde do seu cliente não vale os trocados a mais que você poderia vir a ganhar.

Dicas importantes

Não compre muito, nem compre pouco. Especialmente se você está iniciando. É importante que você tenha uma meta traçada de quem será o seu público alvo, se você já tem clientes, se terá preço baixo e como irá gerenciar o seu pequeno negócio. Se você já tem emprego fixo e apenas quer uma renda extra, vendendo pra pessoas do seu convívio diário, tudo bem! Você pode começar com poucas unidades e ir aumentando conforme as vendas aumentarem. Se você pretende fazer disso um negócio, tenha páginas em redes sociais, envie listas por aplicativos de mensagens e tenha variedade!

Invista seu tempo e mostre dedicação. Crie um perfil no Instagram, grupos do Facebook em sua cidade, divulgue para seus amigos, divulgue na academia.

Algumas distribuidoras de suplementos aceitam compras em atacado com CPF, outras não. Em termos gerais, somente de fábricas será muito difícil você conseguir comprar em atacado. Explicaremos mais abaixo como e onde você pode encontrar fornecedores.

 

6 – Lanchonetes, Padarias, Lojas de Conveniência e Afins

Se você possui uma lanchonete, principalmente próxima a academias e centros de atividades esportivas, é provável que você tenha alunos fazendo refeições antes ou depois do treino, no seu estabelecimento.

Além de incluir no cardápio alimentos saudáveis, nutritivos e energéticos, como açaí ou sanduíche com pasta de amendoim, por exemplo, você pode oferecer suplementos, e principalmente, produtos gourmet.

São barrinhas de proteínas, energéticos, molhos e temperos fitness e pastas de amendoim. São baratos, tem alto giro e muitos clientes costumam comprar esses produtos saudáveis quando já estão no caixa, finalizando a sua compra na loja.

Não sabe que tipo de produto comprar? Aconselhe-se com um nutricionista ou representante e diversifique os produtos em sua loja.

 

7 – Centros de Estética

Os centros de estética atendem, em sua grande maioria, mulheres, e segundo o estudo divulgado pela Exame, mencionado anteriormente, é o público que mais compra por impulso.

Se você é proprietário(a) de um centro de estética, spa ou afins, você tem a oportunidade também de complementar a receita com a revenda de suplementos.

Nesses locais, você deve dar preferência a produtos que são mais procurados pelo público feminino, e que a embalagem se comunique com ele.

São colágenos, picolinato de cromo, whey feminino e termogênicos, bons exemplos de suplementos que você pode oferecer.

Busque fornecedores de suplementos que tenham variedade de produtos e que possam te indicar aqueles que são mais buscados pelas meninas.

 

8 – Lojas Esportivas

Se você tem uma loja de artigos esportivos como bicicletas (bike shop), mountain bike, motocross, caminhada, etc; considere incluir no seu balcão produtos como gel energético, maltodextrina, batata doce em pó e BCAA, além de produtos naturais.

Seus clientes, principalmente os mais jovens, podem fazer uso desses produtos, para ter mais energia, durante a atividade física aeróbia.

Vale a pena conversar com um fornecedor de suplementos e pedir conselho sobre quais são os produtos e marcas que tem maior giro de estoque.

 

9 – Lojas de Produtos Naturais

Se você tem ou pensa em abrir uma loja de produtos naturais, que vende produtos como óleo de côco, especiarias a granel, chás e etc; considere já incluir suplementos em seu mix de produtos!

Duas coisas que ainda tem muito mercado para crescimento no Brasil: alimentos orgânicos e suplementos esportivos.

Uma ótima opção de fornecedor de suplementos para lojas de produtos naturais são distribuidoras. Geralmente as lojas são pequenas e se forem investir em cada marca, com cada fábrica, além de mais caro, pode levar um tempo adicional para fazer todas as negociações e receber os produtos na loja.

É preciso analisar os preços dos produtos, o frete, as condições de pagamento e prazo de entrega, por exemplo.

Algumas vezes, distribuidora de suplementos tem preços iguais ou até menores que as próprias fábricas, pois têm uma capacidade de investimento grande e conseguem preços mais atrativos.

 

10 – Lojas de Suplementos (Body Shop)

As lojas de suplementos, por último, mas obviamente, não menos importante, também fazem parte da lista. Estes são os principais espaços onde o cliente irá buscar comprar os produtos, seja no próprio bairro, online ou em shoppings.

O lojista precisa entender ou contratar alguém que entenda do assunto (suplementação, fitness e nutrição) para o cliente ser bem atendido, indicar e sempre retornar à loja, sabendo que ali ele pode confiar nas recomendações, e que a loja se preocupa com o seu bem estar e objetivos.

É muito importante que o lojista tenha variedade!

Tudo bem pra um autônomo, personal trainer ou até mesmo um nutricionista ter poucos produtos a oferecer, mas uma loja de suplementos, especialmente se for grande, deve mostrar opções e saber explicar sobre os produtos.

Além da variedade, um fator importante de competitividade para as lojas físicas é o preço.

A maioria dos clientes já devem imaginar, sem sequer conhecer o atendimento ou preços praticados por determinadas lojas, que estas são mais caras em shoppings.

Sendo assim, pense em estratégias interessantes de preço, e divulgue promoções ocasionais não só na internet, como na vitrine da sua loja.

As distribuidoras de suplementos e fábricas são as melhores opções para lojistas, dependendo da capacidade de negociação e condições de pagamento do mix de suplementos. Verifique prazos, preços, frete e tenha em seus contatos sempre vários fornecedores de suplementos para te atender em caso de necessidade.

Há fornecedores de suplementos em todas as regiões do Brasil e o processo de compra, varia. Geralmente, você entra ou solicita contato de um distribuidor, lojista, representante ou a indústria, e pede tabela de preços.

Algumas distribuidoras tem um sistema online, onde você tem que se cadastrar e procurar pelos produtos no site. Outras, enviam a lista de atacado com todas as informações e condições comerciais por e-mail ou mesmo WhatsApp.

 

Quer receber uma tabela de atacado por WhatsApp hoje? Inclua aqui o seu número.

 

Fornecedores de suplementos – quem são e onde encontrá-los

Lojistas

Existem por todo o país, e você pode encontrá-los em sua própria cidade, através de pesquisas na internet, ou nas redes sociais. Nem todos trabalham com atacado. Os preços variam de acordo com o tamanho da loja e seus fornecedores. Alguns lojistas podem exigir cadastro ou CNPJ, isso você terá que negociar com cada contato que fizer. Em geral, quando fornecem suplementos de atacado, enviam via Correios, e o frete também pode ser negociado.

Importação

Essa técnica é relativamente antiga, e por alguns anos, algumas pessoas procuravam na internet por fornecedores de suplementos nos Estados Unidos, e faziam seus pedidos online, em plataformas de e-commerce. Os pedidos são enviados pelo serviço postal americano e chega no Brasil por Correios. Não tem como saber o tempo de entrega exato, pois geralmente demora quando chega no Brasil. É possível que chegue em duas semanas, como é possível que chegue em quatro meses. Exemplo: se você faz uma compra que tem prazo de 2 semanas, chegando ao Brasil, pode demorar mais duas semanas, na imigração, para passar por fiscalização. Ou não. Após a receita liberar, o seu pedido irá seguir, se não encontrarem nada errado. Se encontrarem, eles podem devolver a encomenda para o fornecedor. Cada site tem uma política, então confira antes, como eles agem, caso isso aconteça.

Outra coisa que você precisa ter atenção é com peso, quantidade, descrições e produtos das compras que fizer. A receita federal pode cobrar multa e impostos (alíquota de 60%), com base nos preços praticados no Brasil. Não há valores fixos que possamos te dizer, isso depende da tabela vigente. É possível que seja R$ 200, como é possível que seja R$ 900. Há remessas que não são tributadas, mas são bem restritivas: até US$ 50,00 e o remetente e destinatários precisam ser pessoas físicas. Sempre verifique no site da Receita Federal antes de considerar fazer importação e busque por informações atualizadas.

Muito importante: produtos importados como pessoa física não podem ser comercializados no Brasil. Inserimos a título de informação, mas importação é para uso próprio, e tem limite.

Além disso, seguindo as regras da Anvisa, suplementos alimentares, assim como alimentos, precisam ter tabela nutricional em português, o que não é o caso dos importados. Há ainda a possibilidade de ser considerada “importação desleal”, se a marca já estiver sendo comercializada e legalmente importada no Brasil.

E mesmo que seja pra uso próprio, cuidado, pois algumas substâncias são proibidas, mesmo que em suplementos, e você pode vir a ter problemas judiciais. Sempre estude as leis vigentes e procure saber o que pode ou não importar.

Marcas e Fábricas

As fábricas são uns dos principais fornecedores de suplementos dos lojistas e, provavelmente, a primeira opção que se pensa ao abrir uma loja.

Preço baixo, margem para vendas, representante disponível pra atendimento, segurança e suporte.

É, com certeza uma boa opção para lojistas, principalmente os maiores. Os lojistas devem entrar em contato com a fábrica, que encaminhará para o representante da região, que por sua vez, irá enviar ficha de cadastro e ficará responsável pelo atendimento. Geralmente, após cadastro realizado e verificado, eles enviam a tabela de atacado. O cadastro pode exigir documentos de abertura da empresa e dos sócios, mas isso varia entre marcas e indústrias.

Os pedidos mínimos variam, geralmente, por volta de R$ 1.500 a R$ 2.000. As tabelas costumam também variar, mas, em geral, há múltiplas colunas, com diferentes valores, para um mesmo produto. Quanto maior o valor da compra, menos você pagará por cada produto.

A principal limitação na compra diretamente com os fabricantes são os pedidos mínimos de compra, que nas marcas mais conhecidas, são altos.  Se você já tem uma loja, e tem capital para investir, é uma boa.

Outros autônomos

Outra opção de fornecedor de suplementos que você pode considerar é comprar com pessoas físicas que já vendem, os autônomos.

Geralmente, a variedade será menor e os preços não devem ser tão atrativos, quando comparados com os próprios fabricantes ou distribuidoras de suplementos.

As formas de pagamento, envio e situação fiscal também são limitados, então, não deve ser uma boa opção para lojistas. Esses fornecedores de suplementos são encontrados, geralmente, por indicação ou nas redes sociais.

Cuidado: há casos de golpes em compras com pessoas físicas nas redes sociais, que pedem depósito adiantado e não enviam os produtos. Desconfie de preços excessivamente baixos e perfis esquisitos.

Distribuidoras

As distribuidoras também são bem interessantes! São fornecedores de suplementos que oferecem diversos tipos de produtos, incluindo produtos naturais, como óleo de côco e chá emagrecedor; e artigos esportivos como camisas e luvas.

Geralmente, você será atendido por um representante que irá te enviar uma lista de atacado, comumente por e-mail ou whatsapp, e irá te auxiliar na compra dos suplementos do seu interesse.

As exigências e valor mínimo depende de cada empresa. As vezes exigem CNPJ, outras vezes não. Algumas não exigem compra mínima, já as que exigem, geralmente variam de R$ 250,00 a R$ 2.000,00.

Uma vantagem enorme de comprar com distribuidoras de suplementos é a variedade de marcas e tipos de produtos, que se consegue em uma só compra, pagando um só frete. Isso quando paga! Algumas, oferecem frete bonificado ou grátis, e enviam por transportadora, para mais segurança, rapidez e economia.

 

Quer receber a tabela de preços hoje de um dos maiores fornecedores de suplementos no Brasil? Insira o seu e-mail.

 

Considerações

Esse artigo se propôs a analisar fornecedores de suplementos para venda em atacado. Analisamos alguns tipos de negócios que são da área e têm benefícios com a venda de suplementos em seus estabelecimentos.

Se você pretende começar a revender suplementos, estude o assunto e procure conselhos de profissionais, como revendedores, médicos e nutricionistas. Ao sentir que você já tem um conhecimento razoável, encontre fornecedores de suplementos em atacado e comece o seu negócio. Ou, se você pretende montar uma loja, mesmo que online, mas não entende sobre os produtos, contrate alguém que entenda para fazer as vendas e atendimento para você.

Se você já é do ramo, basicamente já entende como funciona o mercado e onde encontrar fornecedores de suplementos. Você provavelmente já deve ter alguns. Mas não descarte opções. Sempre mantenha mais de um plano para não ter problemas com logística, por exemplo. Além disso, sempre há promoções de suplementos e você pode aproveitá-las se manter contato com suas opções.

Entre as opções que listamos como fornecedores de suplementos, a importação e vendedores autônomos são os menos indicados para atacado. Lojistas, fábricas e distribuidoras são, geralmente, as melhores opções para compra nesse modelo, mais confiável e, na maioria das vezes, mais barato! A escolha é sua e a melhor opção, depende do seu negócio, da sua localidade, das suas condições de pagamento e de investimento.

Sucesso!

Compartilhe com seus amigos!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *